“Tubarão Mecânico” é o grande vencedor do V DoroArte

Publicado em 20/07/2016 às 14h53

                   A comissão organizadora, os estudantes e toda a comunidade escolar do Centro Sinodal de Ensino Médio Dorothea Schäfke estão de parabéns!  O V DoroArte, que intregra também o VII Festival de Vídeos e o II DoroTheatro,  supera as expectativas e se consagra como um dos maiores eventos culturais da escola. O evento, que contou com intensa programação durante toda a semana passada, encerrou na noite de sexta-feira, com uma grande comemoração dos premiados.

                    O curta “Tubarão Mecânico” foi o grande premiado da noite do VII Festival de Vídeos do Dorothea arrematando os Dorokitos de Melhor Filme, Melhor Direção e Melhor Edição (Giovanna Biason), Melhor Roteiro (Isabela Hirt), Melhor Fotografia (Ryanne Santos) e Melhor Trilha Sonora (Samuel Gomes).

                     A peça “CreepyCircus” recebeu o troféu de melhor Esquete do II DoroTheatro, júri técnico, e  “Obalé” ganhou no voto popular.  As duas esquetes premiadas foram apresentadas na noite de sexta-feira, para o grande público que prestigiou o evento, no ginásio da nossa escola.  Também foram exibidos o curta e o documentário vencedores do V DoroArte.  A diretora Simone Weber parabenizou a comissão organizadora, os estudantes e toda a comunidade escolar envolvida na realização do evento.

                     Na noite de sexta-feira, ainda, aconteceu a premiação do II Concurso Fotográfico do Grêmio Estudantil Dorothea Schäfke (GEDS). Os vencedores foram: 1º lugar – Eduarda Ruppenthal Wissmann, 2º lugar – Guilherme Kehl dos Santos   e 3º lugar – Tatiana Lazaretti.

                           Confira os premiados:

 

VII Festival de Vídeos do Dorothea

    Filmes

     “Tubarão Mecânico” – Melhor Filme, Melhor Direção e Edição (Giovanna Caloni  Biason), Melhor Roteiro (Isabel Hirt da Silva), Melhor Fotografia (Ryanne Gabriel dos Santos) e Melhor Trilha Sonora (Samuel Gomes de Moraes)

      “Uma Questão de Motivação” – Melhor filme voto popular e Melhor Ator (Otávio Nör Blauth).

      “Duro de Casar” -  Melhor Atriz (Amanda Backes Dörr), Melhor Ator Coadjuvante (Eduardo Schein Stangherlin) e Melhor Figurino (Sofia Elisa Geib)

      “E se fosse diferente” - Melhor Atriz Coadjuvante (Luísa Reis Moraes)

       Destaque – Mateus Cattani Moura

       Cartaz – Lifetime

 

   Documentários

       “Filhos da Reforma” – Melhor Documentário, Melhor Roteiro (Luíza Philereno) e Melhor Direção (Melissa Brusch de Carvalho)

       “Além de Uma Igreja” – Melhor Documentário Voto Popular, Melhor Cartaz e  Melhor Edição (Eduardo Capovilla e Valentina Caloni  Biason)

       “Caminhos de Padilha” – Melhor Trilha Sonora (Letícia Vargas Roennau)

       “A história da comunidade luterana no município de Taquara” – Melhor Fotografia (Isadora de Souza Pereira)

       “A comunidade luterana de Igrejinha” – Melhor Teaser

 

         Propagandas

        “Infância da Tia Romi e Início do Dorothea” – Melhor Propaganda

        “Escada da Vida Escolar” – Melhor Propaganda Voto Popular

 

           Esquetes

        “CreepyCircus” – Melhor Esquete, Melhor Direção (Victória Weber Rensi) e Melhor Roteiro (Isadora dos Santos Rodrigues)

        “Obalé” – Melhor Esquete Voto Popular e Melhor Ator (Eduardo Schein Stangherlin)

        “A Poetisa” – Melhor Atriz (Cássia Pacheco Dapper)

        “O Último Abraço” – Destaque (Nicolas Georgi Corbellini)

      

 

 

 

 

 

 

                      

                       

 

 

 

 

 

 

 

Categoria: Ensino Médio, Séries Inicias - 6º ao 9º ano

Enviar comentário

voltar para Notícias CSEMDS

show fwB center tsY fsN normalcase|left tsN fwR fsN|left show fwR|b01 bsd||image-wrap|news fwB tsN fwR tsY b01 c05 bsd|normalcase fsN fwR c10|b01 c05 bsd|login news c05 fwR|tsN normalcase fwR c05|b01 normalcase c05 bsd|content-inner||