Dorothea participa do 31º Congresso Rede Sinodal de Educação

Publicado em 01/08/2016 às 08h04

                    Equipe diretiva e professores da nossa escola participaram, entre os últimos dias 19 e 21 de julho, do 31º Congresso Rede Sinodal de Educação, em Jaguará do Sul/SC. Nos três dias do evento, ocorreram blocos temáticos, minicursos, compartilhamentos e palestras. Na terça-feira, dia 19, houve a cerimônia de abertura e palestra com o tema "Escola luterana, compromisso com a educação: desafios e questões". À tarde aconteceram blocos temáticos, intitulados "O Pensamento de Lutero" e "O Cenário Atual e Luteranismo".

                    A manhã de quarta-feira foi reservada para o terceiro bloco temático, que abordou o tema "Escola Luterana e os Desafios Pedagógicos". Os Minicursos e os Compartilhamentos ocorreram à tarde. O encerramento do 31º Congresso, na última quinta-feira, teve o tema "Escola Luterana: compromisso com a educação - Desafios e questões", discutido num painel, que teve o intuito de fazer um fechamento dos três dias de Congresso. Os participantes tiveram, ainda, culto e confraternizações.

                   De acordo com a diretora Simone Weber “O Congresso foi muito estimulante. Foram três dias de intensos trabalhos e encontros, que nos deixaram revigorados e mais convictos do nosso trabalho. A nossa delegação foi grande, contando com 28 professores, que foram unânimes em validar o Congresso. O tema – Escola Luterana: compromisso com a Educação – foi alusivo aos 500 anos da Reforma Protestante, liderada por Martinho Lutero”.

                   “O Congresso ratificou o nosso trabalho, que é baseado nos princípios filosóficos/pedagógicos Luteranos: valorizar o conhecimento como forma de atingir a liberdade que permite fazer escolhas; mostrar uma permanente disposição ao novo, desviando daquilo que é modismo ou mera imposição da sociedade; buscar a excelência fazendo sempre o melhor possível, independente de quantas vezes já tenha feito e para quem o fizer; agir radicalmente, em favor do bem comum; manter sempre a autenticidade, de forma humilde, independente dos lugares e das pessoas com quem se relacionar; tratar em igualdade de importância todos e intervir com sensibilidade em favor do outro quando isso estiver ao seu alcance”.

                    Ainda, segundo a diretora, o palestrante Arnaldo Érico Huff Junior, foi muito feliz na sua afirmação sobre ser escola confessional na perspectiva Luterana: “Ser confessional, não significa fazer proselitismo religioso na escola, tendo como finalidade completar os bancos vazios de uma igreja, mas sim apontar horizontes de inserção no mundo a partir de uma perspectiva Cristã.”

 

 

Categoria: Geral

Enviar comentário

voltar para Notícias CSEMDS

show fwB center tsY fsN normalcase|left tsN fwR fsN|left show fwR|b01 bsd||image-wrap|news fwB tsN fwR tsY b01 c05 bsd|normalcase fsN fwR c10|b01 c05 bsd|login news c05 fwR|tsN normalcase fwR c05|b01 normalcase c05 bsd|content-inner||