Histórico

A Educação Infantil do Centro Sinodal de Ensino Médio Dorothea Schäfke é o setor mais antigo da escola. Ela iniciou em 18 de outubro de 1931, com o nome de Kindergarten. Durante 35 anos, atendeu crianças de Jardim de Infância e foi mantida pela Sociedade Beneficente de Senhoras Evangélicas. A finalidade era desenvolver a criança em seu contexto, integralmente, e iniciá-la na vida da comunidade.

Em 1967, inicia-se o Ensino Fundamental com o Curso Primário; em 1975, completa-se a implantação do Ensino Fundamental e inauguram-se as instalações onde a instituição até hoje funciona. Consolida-se, assim, a Escola Evangélica Dorothea Schäfke, sendo sua Instituição Mantenedora a Comunidade Evangélica de Taquara. Em 1986, implanta-se o Ensino Médio e, em 1990, o Curso Técnico de Informática. Um marco na estrutura física do educandário foi a construção do Ginásio de Esportes em 1993. A Instituição Sinodal de Assistência, Educação e Cultura (ISAEC) passou a ser a Mantenedora da escola no ano de 1998, e sua denominação passou a ser Instituto Sinodal Dorothea Schäfke.

 Em seis de outubro de 2001, foi inaugurado, oficialmente, o novo espaço para a Educação Infantil, com 500 metros quadrados de área construída, abrigando, ainda, quadras poliesportivas para a prática esportiva dos educandos nas aulas de Educação Física, na rua Nelson Renck, nº 3050. Em 2003, a Casa Pedagógica é inaugurada na Educação Infantil.  Já em 2005, o Senhor Eldo Ivo Klain é convidado para ser o patrono da biblioteca da escola e, em sua homenagem, esse espaço passa a ter o seu nome. 

O parecer nº 671/2005 do Conselho Estadual de Educação aprovou o novo Regimento Escolar. A partir daí, o Instituto passou a ser chamado, oficialmente, de Centro Sinodal de Ensino Médio Dorothea Schäfke, criando a Unidade de Ensino Dorothea I e a Unidade de Educação Infantil - Dorothea II.

Em 2006, comemoraram-se intensamente os 75 anos de existência da Escola. Destacaram-se, nessas comemorações, a publicação do livro intitulado “Dorothea Schäfke: 75 anos de Histórias e Memórias”, bem como o espetáculo protagonizado por educandos, educadores e funcionários, intitulado “A casa que virou Escola e a Escola que virou Centro”. Além disso, o novo formato da Feira do Livro passou a incluir diversas atividades culturais.

            Em 2011, comemoraram-se os 80 anos da Escola, completados em 18 de outubro. A fundadora da nossa Escola, Sra. Dorothea Schäfke, foi muito lembrada. Sua filha, Sra. Rose Marie Schäfke, que foi professora deste educandário, esteve presente em diversos momentos festivos, trazendo alegria aos nossos corações e reverenciando a memória de sua mãe.

Em 2012, novas ampliações do espaço físico foram necessárias na Unidade de Educação Infantil Dorothea II, para atender a uma crescente demanda de educandos desta faixa etária, ampliando a área construída para cerca de 2 000 m². A escola lança, também, uma revista intitulada “Descoberthas do Dorothea”, que, inicialmente, tem o objetivo de registrar e compartilhar os projetos de aprendizagem da Educação Infantil e do Ensino Fundamental – Anos Iniciais. No ano de 2013, a fachada da Unidade I é modernizada. A revista Descoberthas do Dorothea amplia-se, passando a registrar e compartilhar o trabalho realizado na escola em todos os níveis de ensino.

Em 2014, o Ensino Fundamental II e o Ensino Médio passam por alterações no seu currículo. O 6º ano tem o ensino da flauta doce de forma regular. As aulas de Inglês, do 6º ano do Ensino Fundamental ao Ensino Médio, passam a ser por níveis de proficiência. As aulas da disciplina de Artes são ministradas em três modalidades: artes visuais, artes cênicas e música, na última série do Ensino Fundamental e na primeira do Médio. É implantado, do 6º ano do Ensino Fundamental ao Ensino Médio, o projeto de Leituras Obrigatórias, sistematizando e organizando as atividades envolvendo a leitura nesses níveis, bem como favorecendo os projetos interdisciplinares. Além disso, nas salas de aula do Ensino Médio, começa a implantação de sistemas multimídia, agregando às aulas as vantagens do uso de diferentes tecnologias digitais. A quadra poliesportiva do Ginásio também passa por amplas reformas, contribuindo para o conforto e a segurança dos educandos.

Em 2015, a revista “Descoberthas do Dorothea” passa a contar com o ISSN.  O ISSN (International Standard Serial Number), sigla em inglês para Número Internacional Normalizado para Publicações Seriadas, é o código aceito internacionalmente para individualizar o título de uma publicação seriada. Esse número se torna único e exclusivo do título da publicação ao qual foi atribuído, e seu uso é padronizado pela ISO 3297 (International Standards Organization), qualificando ainda mais a nossa revista. Todas as salas de aula da Unidade I são dotadas de sistemas multimídia.

Em 2016, os 85 anos da escola são comemorados em todos os eventos realizados no Dorothea, em especial, na 38ª ATESE (Mostra de Teatro da Rede Sinodal de Educação), cuja uma das sedes foi o Dorothea, no culto em comemoração aos 85 anos, no baile comemorativo, no lançamento da revista comemorativa aos 85 anos, e nas apresentações de Natal.

No ano de 2016, na Unidade I, inaugura-se um prédio próprio para a Cantina, que acomoda confortavelmente mais de 60 pessoas sentadas, agregando mais qualidade ao serviço prestado pela Letra e sabor, e viabilizando o Turno Integral da 3ª série do Ensino Médio. Para o  mesmo terreno da Cantina é transferida a pracinha do Doro e da Thea, possibilitando às crianças do Ensino Fundamental I, a sua utilização durante os recreios. A pracinha ganha um mini campo de futebol.

 

 

 

 

 

 

show fwB center tsY fsN normalcase|left tsN fwR fsN|left show fwR|b01 bsd||image-wrap|news fwB tsN fwR tsY b01 c05 bsd|normalcase fsN fwR c10|b01 c05 bsd|login news c05 fwR|tsN normalcase fwR c05|b01 normalcase c05 bsd|content-inner||