Capítulo I: da Denominação, Sede e Afins

Art.1º: O Círculo de Pais e Mestres do Centro Sinodal de Ensino Médio Dorothea Schäfke, sediado na cidade de Taquara, Rio Grande do Sul, Brasil, aqui também denominado CPM, é uma sociedade civil, sem fins lucrativos de duração ilimitada, que tem como finalidade integrar Família, Escola e Comunidade, com intuito de unir esforços para a realização dos objetivos que a Escola se propõe, alguns dos quais aqui destacados:

a) desenvolvimento integral do aluno, em seus aspectos físico, psicológico, intelectual e social, complementando a ação da família e da comunidade;

b) formação cidadã do aluno, mediante o desenvolvimento de atitudes de responsabilidade, de solidariedade, de postura crítica e ética, de autonomia, de respeito à vida, à liberdade e à dignidade humana, enfatizando a linguagem como instrumento privilegiado de comunicação e de acesso à cultura, à arte, ao conhecimento e às formas de leitura e compreensão do mundo;

c) qualificação do aluno para o trabalho, à ciência e à tecnologia, conduzindo para o desenvolvimento de aptidões da vida produtiva.

Art.2º: Considerando os objetivos destacados anteriormente, para atingir sua finalidade, o Círculo de Pais e Mestres se propõe a:

a) motivar a participação dos pais de alunos, ou responsáveis, nas reuniões periódicas realizadas pelo CPM, despertando-lhes consciência da importância da participação da família na Escola;

b) informar a comunidade escolar dos assuntos tratados nas reuniões de CPM;

c) estabelecer relações entre pais e professores, de modo a criar condições para realização de um trabalho educativo coerente no lar e na Escola;

d) colaborar com as demais instituições e serviços da Escola e da comunidade em assuntos de interesse comum;

e) participar da elaboração do projeto pedagógico da Escola e de suas constantes atualizações e transformações;

f) efetuar, em conjunto com a Escola, avaliações periódicas das atividades pedagógicas, levando em conta os objetivos propostos no projeto pedagógico;

g) apresentar sugestões para que a prática escolar coincida com os objetivos propostos no projeto pedagógico da Escola;

h) desenvolver palestras, atividades culturais, esportivas ou comemorativas, integrando pais, alunos, professores, diretoria, funcionários e comunidade;

i) participar da definição das atividades que compõem o calendário letivo, elaborado no ano anterior;

j) cooperar no aperfeiçoamento do corpo docente e das condições físicas e materiais da Escola, através de projetos e/ou eventos específicos, com vistas a uma contínua melhoria na qualidade do ensino;

k) participar do Conselho Escolar, por meio de seu presidente ou membro por ele indicado.

voltar para Estatuto

show fwB center tsY fsN normalcase|left tsN fwR fsN|left show fwR|b01 bsd||image-wrap|news fwB tsN fwR tsY b01 c05 bsd|normalcase fsN fwR c10|b01 c05 bsd|login news c05 fwR|tsN normalcase fwR c05|b01 normalcase c05 bsd|content-inner||